Após 131 anos, PepsiCo aposenta marca Aunt Jemima

aunt-jemima-transformation-content-2020-1-maptarget
Personagem desenhada em 1890 foi atualizada com o passar dos anos, mas manteve o esterótipo da escravidão

Estimulada pelos contínuos protestos contra o racismo nos Estados Unidos após a morte de George Floyd por um policial em Minneapolis, a PepsiCo, controladora da Quaker Oats Company, está aposentando sua tradicional marca de xaropes e farinhas para panquecas e a mascote, Aunt Jemima (Tia Jemima), no mercado desde 1889. A PepsiCo reconhece que a marca é baseada em um estereótipo racial.

A empresa disse que vai renomear a linha de xaropes para panquecas, removendo a imagem da tia Jemima de suas embalagens. O novo nome da marca será anunciado posteriormente. A companhia ainda não especificou os detalhes da nova marca, mas diz que ela refletirá “a meta de representar mães amorosas de diversas origens”.

“Estamos removendo a imagem e mudando o nome”, afirmou Kristin Kroepfl, vice-presidente e diretora de marketing da Quaker Foods North America, em comunicado. “Continuaremos a conversa reunindo diversas perspectivas de nossa organização e da comunidade negra para evoluir ainda mais a marca e torná-la uma que todos possam se orgulhar de ter em sua despensa”, continuou a executiva.

A PepsiCo informou que os consumidores começarão a ver as mudanças nas embalagens sem a imagem da tia Jemima a partir do quarto trimestre deste ano.

A marca Aunt Jemima é uma das poucas ainda no mercado americano que fazem referência, ainda que de maneira indireta, à escravidão. A personagem Tia Jemima é o estereótipo de negra popularizado após a Guerra Civil Americana (1861-1865).

De acordo com uma linha do tempo no site AuntJemima.com, a personagem foi retratada pela primeira vez em 1890 por Nancy Green, “uma contadora de histórias, cozinheira e missionária”. A linha do tempo também observa que o personagem recebeu “um visual contemporâneo, com brincos de pérola e uma gola de renda” em 1989.

Apesar da “maquiagem”, Krisrtin Kroepfl reconhece que a marca “não progrediu o suficiente para refletir adequadamente a confiança, o calor e a dignidade que gostaríamos que ela representasse hoje”. Ela disse ainda que, embora o trabalho tenha sido feito ao longo dos anos para atualizar a marca de maneira a ser apropriada e respeitosa, “percebemos que essas mudanças não foram suficientes”. Segundo a PepsiCo, o rebrand pretende ajudar a marca “evoluir”.

A PepsiCo disse que a marca Aunt Jemima doará 5 milhões de dólares nos próximos cinco anos para “criar apoio e engajamento significativos e contínuos na comunidade negra”. A notícia segue o anúncio do CEO e presidente da PepsiCo, Ramon Laguarta, de que a companhia está comprometendo 400 milhões de dólares em iniciativas de justiça e igualdade racial.

Aunt destaque

Fonte: https://www.embalagemmarca.com.br/2020/06/arroz-uncle-bens-vai-mudar-logotipo-por-postura-contra-o-racismo/https://www.embalagemmarca.com.br/2020/06/apos-131-anos-pepsico-aposenta-marca-aunt-jemima/

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

PARCEIROS

REPRESENTADAS

MAPTARGET NAS REDES SOCIAIS